Qualidade de vida e comportamentos durante a pandemia da COVID-19: Um estudo transversal

Autores

  • Dayane Cristina Queiroz Correia Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Educação Física, Pós-graduação em Ciências do Movimento, Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-2433-8033
  • Juziane Teixeira Guiça Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Educação Física, Pós-graduação em Ciências do Movimento, Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-7443-9919
  • Charles Rodrigues Junior Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Educação Física, Pós-graduação em Ciências do Movimento, Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-8311-4617
  • Glória de Lima Rodrigues Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Educação Física, Graduação em Educação Física, Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-4076-8631
  • Maria Carolina Castanho Saes Norberto Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Educação Física, Pós-graduação em Ciências do Movimento, Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-0326-3677
  • Rômulo Araújo Fernandes Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Educação Física, Pós-graduação em Ciências do Movimento, Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Educação Física, Graduação em Educação Física, Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-1576-8090
  • Jamile Sanches Codogno Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Educação Física, Pós-graduação em Ciências do Movimento, Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Departamento de Educação Física, Graduação em Educação Física, Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-4273-9375

DOI:

https://doi.org/10.12820/rbafs.28e0316

Palavras-chave:

Utilidade, Estado geral de saúde, Isolamento social, Atividade físicas em casa, Emocional

Resumo

Pesquisa transversal com objetivo de analisar a associação entre qualidade de vida e comportamentos desenvolvidos por indivíduos hipertensos durante o período de isolamento social, devido à pandemia da COVID-19. O estudo foi realizado através de ligações telefônicas e avaliou adultos cadastrados na atenção primária de saúde. A prática de atividade física foi avaliada pelo Questionário Internacional de Atividade Física, sendo somadas a duração e a frequência das atividades e o tempo total sentado durante a semana e fim de semana. A qualidade de vida foi analisada através do Sistema Descritivo – EQ-5D, considerando o score utilidade e o estado geral de saúde. Presença de doenças e comportamentos durante o isolamento social, assim como aspecto emocional e ambiente para realização de atividades físicas foram analisados. Foram utilizados os testes t de Studant e ANOVA one way para comparação de grupos e ANCOVA para comparações entre os grupos ajustadas. A significância estatística foi pré-fixada em valores inferiores a 5%. Foram entrevistados 659 hipertensos, com idade entre 41 e 93 anos. Observou-se maior qualidade de vida naqueles que praticaram exercício físico (p = 0,015), que não relataram ter a saúde emocional afetada pela pandemia (p = 0,001) e que responderam ter ambiente favorável em casa para prática de atividade física, (p = 0,001). Em conclusão, a qualidade de vida associou-se aos comportamentos positivos dos participantes durante a pandemia, como a prática de atividade física, contudo é necessário que os órgãos públicos se atentem aos baixos níveis de atividade física da população provocados pela pandemia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Cassiano AN, Silva TS, Nascimento CQ, Wanderley EM, Prado ES, Santos TMM, et al. Efeitos do exercício físico sobre o risco cardiovascular e qualidade de vida em idosos hipertensos. Cienc Saúde Colet. 2020;25(6):2203-12. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232020256.27832018

Ministério da Saúde. Hipertensão arterial: hábitos saudáveis ajudam na prevenção e no controle da doença. 2021. Disponível em: <https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/noticias/2021/abril/hipertensao-arterial-habitos-saudaveis-ajudam-na-prevencao-e-no-controle-da-doenca> [2023 agosto].

Sarti TD, Lazarini WS, Fontenelle LF, Almeida APSC. Qual o papel da Atenção Primária à Saúde diante da pandemia provocada pela COVID-19? Epidemiol. Serv. Saude. 2020;29(2):e2020166. DOI: https://doi.org/10.5123/S1679-49742020000200024

Bezerra ACV, Silva CEM, Soares FRG, Silva JAM. Fatores associados ao comportamento da população durante o isolamento social na pandemia de COVID-19. Cienc Saúde Colet. 2020;25(Supl.1):2411-21. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232020256.1.10792020

Silva MVS, Rodrigues JA, Ribas MS, Sousa JCS, Castro, TRO, Santos BA, et al. O impacto do isolamento social na qualidade de vida dos idosos durante a pandemia por COVID-19. Enferm Bras. 2020;19(4Supl):S34-41. DOI: https://doi.org/10.33233/eb.v19i4.4337

Botero JP, Farah BQ, Correia MA, Lofrano-Prado MC, Cucato GG, Shumate G, et al. Impacto da permanência em casa e do isolamento social, em função da COVID-19, sobre o nível de atividade física e o comportamento sedentário em adultos brasileiros. Einstein (São Paulo). 2021;19:eAE6156.

Greco ALR, Silva CFR, Moraes MM, Menegussi JM, Tudella E. Impacto da pandemia da COVID-19 na qualidade de vida, saúde e renda nas famílias com e sem risco socioeconômico: estudo transversal. Res., Soc. Dev. 2021;10(4):e29410414094. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v10i4.14094

Tamai K, Terai H, Takahashi S, Katsuda H, Shimada N, Habibi H et al. Decreased daily exercise since the COVID-19 pandemic and the deterioration of health-related quality of life in the elderly population: a population-based cross-sectional study. BMC Geriatr. 2022 Aug 16;22(1):678. DOI: https://doi.org/10.1186/s12877-022-03316-9

Chamnan P, Simmons R, Khaw KT, Wareham NJ, Griffin SJ. Estimating the population impact of screening strategies for identifying and treating people at high risk of cardiovascular disease: modelling study. BMJ 2010;340:c1693. DOI: https://doi.org/10.1136/bmj.c1693

Matsudo S, Araújo T, Matsudo V, Andrade D, Andrade E, Oliveira LC, et al. Questionário Internacional de Atividade Física (Ipaq): Estudo de validade e reprodutibilidade no Brasil. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde. 2012;6(2):5-18.

Euroqol Group. EuroQol – A new facility for the measurement of health-related quality of life. Health Policy. 1990;16(3):199-208. DOI: https://doi.org/10.1016/0168-8510(90)90421-9

EuroQol Group. EQ-5D a measure of health-related quality of life developed by the EuroQol group: user guide. 7th Editon. Rotterdam: EuroQol Group; 2000.

Andrade MV, Noronha Q, Phil PGM, Maia AC, Econ RMMB, Econ CBRB, et al. Societal Preferences for EQ-5D Health States from a Brazilian Population Survey. Value Health Reg. Issue. 2013;2(3):405-12. DOI: https://doi.org/10.1016/j.vhri.2013.01.009

Santos M, Cintra MA, Monteiro AL, Santos B, Gusmão-Filho F, Andrade MV, et al. Avaliação brasileira de estados de saúde EQ-5D-3L: resultados de um estudo de saturação. Med Decis fazendo. 2016;36(2):253-63. DOI: https://doi.org/10.1177/0272989X15613521

Lohman TG, Roche AF, Mertorell R. Anthropometric Standardization Reference Manual. Champaign. IL, Human Kinectics Books, 1988.

Associação Brasileira de Empresas De Pesquisa. Critério de Classificação Econômica Brasil, 2022.

Jain R, Chatterjee T. Effect of testing and social distancing measures on COVID-19 deaths in India: Role of pre-existing socio-economic factors. J Public Aff. 2022;25:e2828. DOI: https://doi.org/10.1002/pa.2828

Silva CEM, Neto CCC, Bezerra ACV, Santos RT, Silva JAM. Influência das condições de bem-estar domiciliar na prática do isolamento social durante a Pandemia da Covid-19. J. Health Biol Sci. 2020;8(1):1-7. DOI: https://doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v8i1.3410.p1-7.2020

Ding K, Yang J, Chin MK, Sullivan L, Durstine JL, Violant-Holz V, et al. Physical Activity among Adults Residing in 11 Countries during the COVID-19 Pandemic Lockdown. Int J Environ Res Public Health. 2021;18(13):7056. DOI: https://doi.org/10.3390/ijerph18137056

Pitanga FJG, Beck CC, Pitanga CPS. Atividade Física e Redução do Comportamento Sedentário durante a Pandemia do Coronavírus. Arq Bras Cardiol. 2020; 114(6):1058-60. DOI: https://doi.org/10.36660/abc.20200238

Kim JY, Lee MK, Lee DH, Kang DW, Min JH, Lee JW, et al. Effects of a 12-week home-based exercise program on quality of life, psychological health, and the level of physical activity in colorectal cancer survivors: a randomized controlled trial. Support Care Cancer. 2019;27(8):2933-40. DOI: https://doi.org/10.1007/s00520-018-4588-0

Maio M, Bratta C, Iannaccone A, Castellani L, Foster C, Cortis C, et. al. Home-Based Physical Activity as a Healthy Aging Booster before and during COVID-19 Outbreak. Int J Environ Res Public Health. 2022;19(7):4317. DOI: https://doi.org/10.3390/ijerph19074317

Longobardi I, Goessler K, Oliveira Júnior GN, Prado DMLD, Santos JVP, Meletti MM, et al. Effects of a 16-week home-based exercise training programme on health-related quality of life, functional capacity, and persistent symptoms in survivors of severe/critical COVID-19: a randomised controlled trial. Br J Sports Med. 2023;57(20):1295-1303. DOI: https://doi.org/10.1136/bjsports-2022-106681

Carriedo A, Cecchini JA, Fernandez-Rio J, Méndez-Giménez A. COVID-19, Psychological Well-being and Physical Activity Levels in Older Adults During the Nationwide Lockdown in Spain. Am J Geriatr Psychiatry. 2020;28(11):1146-55. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jagp.2020.08.007

Novaes CRMN, Wanderley FAC, Falcão IM, Alves RB, Lima AT, Soares MCB. Protocolo de atividade física remoto para grupos de Academia da Saúde e Estratégia de Saúde da Família. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020;25:e0167. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0167

Souza Filho BAB, Tritany EF. COVID-19: importância das novas tecnologias para a prática de atividades físicas como estratégia de saúde pública. Cad. Saúde Pública. 2020:36(5):e00054420. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00054420

Ping W, Zheng J, Niu X, Guo C, Zhang J, Yang H, et al. Evaluation of health-related quality of life using EQ-5D in China during the COVID-19 pandemic. PLoS One. 2020;15(6):e0234850. DOI: https://doi.org/10.1371/journal.pone.0234850

Patel DI, Gamez Y, Shah L, Patel J. Decline of Psychological Health Following the Designation of COVID-19 as a Pandemic: Descriptive Study. J Med Internet Res. 2021;23(4):e24964. DOI: https://doi.org/10.2196/24964

Pereira-Ávila FMV, Lam SC, Goulart MCL, Góes FGB, Pereira-Caldeira NMV, Gir E. Fatores associados aos sintomas de depressão entre idosos durante a pandemia da COVID-19. Texto Contexto Enferm. 2021; 30:e20200380. DOI: https://doi.org/10.1590/1980-265x-tce-2020-0380

Nguyen HC, Nguyen MH, Do BN, Tran CQ, Nguyen TTP, Pham KM, et al. People with Suspected COVID-19 Symptoms Were More Likely Depressed and Had Lower Health-Related Quality of Life: The Potential Benefit of Health Literacy. J Clin Med. 2020;31;9(4):965. DOI: https://doi.org/10.3390/jcm9040965

Downloads

Publicado

2023-12-01

Como Citar

1.
Correia DCQ, Guiça JT, Rodrigues Junior C, Rodrigues G de L, Norberto MCCS, Fernandes RA, et al. Qualidade de vida e comportamentos durante a pandemia da COVID-19: Um estudo transversal. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde [Internet]. 1º de dezembro de 2023 [citado 13º de julho de 2024];28:1-8. Disponível em: https://rbafs.org.br/RBAFS/article/view/15113

Edição

Seção

Artigos Originais