Students’ and teachers’ understanding of the WebCas questionnaire for assessing healthrelated behaviors

Autores

  • Rosimeide Legnani Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Edina Camargo Universidade Federal do Paraná
  • Elto Legnani Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Eliane Bacil Universidade Federal do Paraná
  • Nicolau Malta Neto Universidade Federal do Paraná
  • Wagner Campos Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.12820/rbafs.v.22n3p251-260

Palavras-chave:

Questionnaire, Students, Healthy Behaviors

Resumo

The objective of this study was to verify students’ and teachers’ understanding of the WebCas questionnaire, which aims to assess health-related behaviors. This cross-sectional, descriptive and exploratory survey used the qualitative technique of focus groups with 24 students and 6 teachers. The students highlighted the need to include colorful drawings, to display the segmentation of the day on the computer screen, to provide small explanatory texts in the questionnaire, and to replace terms that are unusual for children. Teachers suggested the inclusion of two images, one representing the male sex and the other representing the female one, and the creation of a scale to represent the intensities of activities, such as the sensation of tiredness, represented by sweat on the skin and hair and reddened skin. This study presented important contributions provided by students and teachers that enabled a better understanding of the WebCas electronic questionnaire in its application with children and adolescents.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosimeide Legnani, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Doutorado em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná (2015). Mestrado em Educação Física pela Universidade Estadual de Londrina (2009). Especialista em Fisiologia do Exercício pela Universidade Federal do Paraná (2004). Possui graduação em Licenciatura em Educação Física pela Universidade de Passo Fundo/RS (1998) e Faculdades Reunidas de Admin. Ciências Contábeis e Econômicas de Palmas/PR (2000). Membro do Centro de Estudos Atividade Física e Saúde (CEAFS- UFPR). Membro do GEPAFE-tec (UTFPR - Curitiba). A ênfase do trabalho está pautada em Saúde e Qualidade de Vida, atuando principalmente nos seguintes temas: comportamentos de crianças e adolescentes em relação ao estilo de vida e saúde, ritmo e dança, ginástica de academia e atividade física de forma geral.

Edina Camargo, Universidade Federal do Paraná

Doutoranda em Educação Física na Universidade Federal do Paraná (2016). Mestre em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná (2012). Especialista em Atividade Física Adaptada e Saúde pela Universidade Gama Filho (2005). Graduada em Educação Física pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2004). Pesquisadora do Centro de Estudos em Atividade Física e Saúde (CEAFS/UFPR). Atua no Grupo de Pesquisa em Atividade Física e Qualidade de Vida (GPAQ/PUCPR) desde 2006. Possui experiência como professora universitária na área de Educação Física com ênfase em aptidão física relacionada com a saúde, promoção da atividade física, avaliação e prescrição de exercícios para indivíduos aparentemente saudáveis e em condições especiais de saúde, avaliação e prescrição de exercícios na área do treinamento desportivo. É faixa preta (1 Dan) pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ), possui conhecimento na avaliação e prescrição de exercícios para esportes de combate

Elto Legnani, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Graduação em Educação Física pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (1989), Especialização em Treinamento Desportivo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990), Especialização em Avaliação da Performance Motora pela Universidade Estadual de Londrina (1993), Mestrado em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006) e Doutorado em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná (2012). É Professor efetivo da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Atua no ensino da graduação (Educação Física), lecionando as seguintes disciplinas: Futebol, Futsal e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC2). Atualmente sua principal linha de investigação é a epidemiologia de comportamentos relacionados à saúde em crianças, treinamento físico, técnico e tático no futsal e futebol e controle da sobrecarga do treinamento.

Eliane Bacil, Universidade Federal do Paraná

Possui Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Federal de Pelotas (1999), Especialização em Educação Física na área de Atividade Física e Saúde pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001) e Mestrado em Saúde Pública na área de Epidemiologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005). Atualmente é doutoranda em Educação Física, Área de Atividade Física e Saúde pela Universidade Federal do Paraná. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Atividade Física e Saúde, Epidemiologia da Atividade Física, Crescimento e Desenvolvimento e Medidas e Avaliação, atuando principalmente nos seguintes temas: estilo de Vida, maturação biológica, sobrepeso/obesidade, atividade física e comportamento sedentário em crianças e adolescentes escolares.

 

Wagner Campos, Universidade Federal do Paraná

Possui licenciatura em Educação Física pela Universidade Estadual de Londrina (1978-1981); Mestrado/Doutorado (1988-1993) e Estágio Pós-Doutoral (2005) na área do Desenvolvimento Motor e Estudos dos Esportes, realizados na Universidade de Pittsburgh, EUA. É professor associado na Universidade Federal do Paraná, atuando nas disciplinas de Desenvolvimento Motor e Metodologia da Pesquisa na Graduação e Exercício e Esporte na Infância e Adolescência na Pós-Graduação. É orientador nas seguintes temáticas: atividade física, saúde e qualidade de vida; desenvolvimento fisiológico; treinamento desportivo na infância e adolescência; iniciação esportiva.

Downloads

Publicado

2017-05-01

Como Citar

1.
Legnani R, Camargo E, Legnani E, Bacil E, Malta Neto N, Campos W. Students’ and teachers’ understanding of the WebCas questionnaire for assessing healthrelated behaviors. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde [Internet]. 1º de maio de 2017 [citado 27º de novembro de 2021];22(3):251-60. Disponível em: https://rbafs.org.br/RBAFS/article/view/9063

Edição

Seção

Artigos Originais