AUTO-PERCEPÇÃO DA IMAGEM CORPORAL EM ESTUDANTES DE EDUCAÇÃO FÍSICA E MEDICINA

Autores

  • Luana Garcia Universidade Gama Filho
  • Odilon Gonçalves Milagres Universidade Gama Filho
  • Ludmila Mourão Universidade Gama Filho
  • Monique Assis Universidade Gama Filho
  • Alexandre Palma Universidade federal do Rio de janeiro

DOI:

https://doi.org/10.12820/rbafs.v.16n1p25-30

Palavras-chave:

Imagem corporal, Estudantes de Educação Física, Estudantes de Medicina

Resumo

O objetivo do presente estudo foi identificar a auto-percepção da imagem corporal entreestudantes de educação física e de medicina de uma universidade particular da cidade doRio de Janeiro. Foram pesquisadas 195 estudantes universitárias. Deste grupo, 97 cursavameducação física e 98 eram graduandas em medicina e apresentou média de idade de21,4 ±3,1 anos. Para verificação da auto-percepção da imagem corporal utilizou-se o BodyShape Questionnaire (BSQ). Os resultados indicam que as alunas de medicina apresentarammaiores escores do BSQ (84,1) do que as universitárias de educação física (70,6) (p<0,003).Além disto, as estudantes de medicina distribuíram-se em maior proporção nas categoriasrelacionadas a alguma preocupação com a imagem corporal (p<0,03). Neste sentido, o trabalho,a princípio, revela que as universitárias de medicina mostram-se mais propícias aosdistúrbios relacionados à imagem corporal do que as alunas de educação física, a despeitode estas últimas sofrerem pressões para manter o corpo dentro de padrões estéticos consideradosideais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

1.
Garcia L, Milagres OG, Mourão L, Assis M, Palma A. AUTO-PERCEPÇÃO DA IMAGEM CORPORAL EM ESTUDANTES DE EDUCAÇÃO FÍSICA E MEDICINA. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde [Internet]. 30º de agosto de 2012 [citado 18º de julho de 2024];16(1):25-30. Disponível em: https://rbafs.org.br/RBAFS/article/view/552

Edição

Seção

Artigos Originais