Associação entre exercício físico e propriocepção em idosos: uma revisão sistemática

  • Karini Santos Universidade Federal do Paraná
  • Araceli Goedert
  • Paulo Bento
  • André Rodacki
Palavras-chave: Envelhecimento, Propriocepção, Atividade física

Resumo

O comprometimento proprioceptivo decorrente do envelhecimento aumenta o risco de queda entre os idosos. Exercício físico pode atenuar o processo de declínio da sensação consciente da posição do corpo. Esta revisão sistemática teve como objetivo associar estudos que relacionam o exercício físico com a propriocepção em idosos. Realizou-se uma busca em três bases de dados eletrônicas (Pubmed/Mediline, Lilacs e Scopus) nos últimos 10 anos com a seguinte associação de descritores: (elderly OR aged) AND (proprioception OR position sense) AND exercise. A busca gerou 271 artigos e após aplicação de critérios de inclusão e exclusão, nove estudos foram selecionados para compor a revisão sistemática. Todos os artigos mostraram uma associação entre propriocepção e algum exercício físico. Tai chi chuan e Sessões de treinamento multifatorial foram as modalidades que apareceram com maior frequência entre os estudos (33 e 56% respectivamente), outras atividades compreenderam golfe, natação, corrida, fortalecimento muscular, flexibilidade, caminhada, exercícios de agilidade, equilíbrio, postura e de propriocepção. Tai chi chuan, séries multifatoriais, golfe e exercícios de propriocepção demonstraram ser as estratégias mais espressivas na melhoria da propriocepção entre os idosos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
10-04-2015
Seção
Artigos de Revisão