O Programa Academia da Saúde e a Educação Física: uma revisão sistemática no período de 2011 a 2022

Autores

  • Débora de Faria Gonçalves Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Educação Física e Dança, Goiânia, Goiás, Brasil. https://orcid.org/0009-0009-4772-9433
  • Ricardo Lira de Rezende Neves Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Educação Física e Dança, Goiânia, Goiás, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-5357-8111

DOI:

https://doi.org/10.12820/rbafs.29e0340

Palavras-chave:

Educação física e treinamento, Processo de trabalho, Práticas corporais, Atividades físicas, Saúde coletiva

Resumo

Identificar e analisar os temas presentes em artigos que relacionam, de alguma maneira, a Educação Física e o Programa Academia da Saúde é o objetivo deste manuscrito. Os dados foram coletados nos bancos de dados LILACS, SciELO, Biblioteca Virtual em Saúde, Portal dos Periódicos Eletrônicos e em 12 periódicos da Educação Física. Foram selecionados e analisados os conteúdos de 54 artigos. Os resultados mostraram que houve maior número de publicações em 2020, com destaque para pesquisas realizadas no estado de Minas Gerais. O maior número de publicações consta na Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde. Detecta-se o interesse crescente por estudos com objetos ampliados que considerem a complexidade das condições de saúde dos grupos e das comunidades atendidas no programa, especialmente a partir das aproximações com a Saúde Coletiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Brasil. Ministério da Saúde. Política Nacional de Promoção da Saúde. Anexo I da Portaria de Consolidação nº 2, de 28 de setembro de 2017, que consolida as normas sobre as políticas nacionais de saúde do SUS. Brasília: Ministério da Saúde, 2018. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_promocao_saude.pdf. [2024 maio].

Palma A, Estevão A, Bagrichevsky M. Considerações teóricas acerca das questões relacionadas à promoção da saúde. In: Bagrichevsky M, Palma A, Estevão A. (org.). A saúde em debate da educação física. Blumenau: Edibes, 2003. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_debate_educacao_fisica_v1.pdf. [2023 junho].

Mendes MIB. Do ideal de robustez ao ideal de magreza: educação física, saúde e estética. Movimento. 2009;15(4):175-91. doi: https://doi.org/10.22456/1982-8918.5989. DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.5989

Fraga AB, Carvalho YM, Gomes IM. Políticas de formação em educação física e saúde coletiva. Trab Educ Saúde. 2012;10(3):367-86. doi: https://doi.org/10.1590/S1981-77462012000300002. DOI: https://doi.org/10.1590/S1981-77462012000300002

Pasquim HM. A saúde coletiva nos cursos de graduação em educação física. Saúde Soc. 2010;19(1):193-200. doi: https://doi.org/10.1590/S0104-12902010000100016. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-12902010000100016

Mendonça AM. Promoção da saúde e processo de trabalho dos profissionais de educação física no Nasf, 2012. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva), Universidade Estadual de Londrina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva, Londrina, 2012. Disponível em: https://pos.uel.br/saudecoletiva/teses-dissertacoes/promocao-da-saude-e-processo-de-trabalho-dos-profissionais-de-educacao-fisica-do-nucleo-de-apoio-a-saude-da-familia-nasf. [2023 junho].

Neves RLR, Antunes PC, Baptista TJR, Assumpção LOT. Educação Física na saúde pública: Revisão Sistemática. Rev. Bras. Ciênc. Mov. 2015;23(2):163-77. DOI: https://doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v23n2p163-177

Carvalho YM. As práticas corporais como práticas de saúde e de cuidado no contexto da promoção da saúde. 2010. 101 p. Tese (Livre-docência) Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/6/tde-19082019-132923/pt-br.php. [2023 junho].

Oliveira BN, Wachs F. Educação Física e Atenção Primária à Saúde: o apoio matricial no contexto das redes. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2018;23:e0064. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.23e0064. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.23e0064

Oliveira DCR, Lemos EC, Silva CRM, Tassitano RM. Competência profissional dos trabalhadores de programas de atividade física da atenção básica à saúde de Pernambuco. Rev Bras Ativ Fis Saúde. 2018;23:1–10. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.23e0022. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.23e0022

Oliveira TS, Santiago MLE, Figueiredo Filho LAS, Leitinho MC. O profissional de educação física atuando no sistema único de saúde: dificuldades e suas estratégias de superação. Brazilian J Dev. 2020;6(6):37687–99. doi: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-341. DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n6-341

Tracz EHC, Linder JA, Cavazzotto TG, Ferreira SA, Silva DF, Queiroga MR. Formação em educação física no contexto de saúde pública nos melhores cursos do Brasil. J Phys Educ. 2022,33:1-15. https://doi.org/10.4025/jphyseduc.v33i1.3331. DOI: https://doi.org/10.4025/jphyseduc.v33i1.3331

Lima FO, Andrella JL, Silva JF, Trapé AA. Competências do profissional de Educação Física na Atenção Primária à Saúde. Rev Bras Ativ Fis Saúde. 2023;28:e0322. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.28e0322. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.28e0322

Brasil. Conselho Nacional de Saúde. Resolução 218, de 06 de março de 1997. Brasília, 1997. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/1997/res0218_06_03_1997.html. [2023 julho].

Neves RLR. Busca pela legitimação da educação física na saúde pública em Goiânia/go - evidências e percepções. [tese de doutorado]. Brasília: Universidade Católica de Brasília; 2015.

Brasil. Portaria nº 2681, de 7 de novembro de 2013. Redefine o Programa Academia da Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Diário Oficial da União, Brasília, 8 nov, 2013. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/prt2681_07_11_2013.html. Acesso em 10 de julho de 2023.

Lima IN. Educação Física no Núcleo Ampliado da Saúde da Família: Revisão integrativa da literatura. 2022. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Goiás. Programa de Pós-graduação em Educação Física, Goiânia/GO, 2022. Disponível em: https://repositorio.bc.ufg.br/tede/items/81fd5231-14dd-4d2f-aec9-8a6f62cf4b1c/full. [2023 julho].

Martinez JFN. Educação Física e Saúde Pública: a inserção do profissional de Educação Física em um núcleo de apoio à saúde da família (Goiânia/GO) – 2014. [tese de doutorado]. Goiânia: Universidade Federal de Goiás; 2014.

Carvalho FFB, Nogueira JAD. Práticas corporais e atividades físicas na perspectiva da promoção da Saúde na Atenção Básica. Cien Saúde Colet. 2016;21(6):1829–38. doi: https://doi.org/10.1590/1413-81232015216.07482016. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232015216.07482016

Carvalho FFB, Cohen SC. Promoção da saúde na atenção básica: a dimensão da atenção à saúde por meio do PMAQ. Rev APS. 2019;22(2):355–71. doi: https://doi.org/10.34019/1809-8363.2019.v22.16059. DOI: https://doi.org/10.34019/1809-8363.2019.v22.16059

Brasil, Ministério da Saúde. Portaria de consolidação Nº 5, de 28 de setembro de 2017. Consolidação das normas sobre as ações e os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde. Brasília, Diário Oficial da União. 2011. Disponível em: https://portalsinan.saude.gov.br/images/documentos/Legislacoes/Portaria_Consolidacao_5_28_SETEMBRO_2017.pdf [2024 maio].

Skowronski M, Fraga AB. Academia da Saúde e os diferentes saberes para atuação do profissional de educação física. In: Wachs F, Almeida UR, Brandão FFF, organizadores - Educação Física e Saúde Coletiva: cenários, experiências e artefatos Culturais. Porto Alegre: Rede UNIDA, 2016:223-42. Disponível em: http://historico.redeunida.org.br/editora/biblioteca-digital/serie-interlocucoes-praticas-experiencias-e-pesquisas-em-saude/educacao-fisica-e-saude-coletiva-cenarios-experiencias-e-artefatos-culturais-pdf [2023 agosto].

Pasquim HM, Nascimento LC, Marques VA, Parreira FR. Distribuição de profissionais de Educação Física no sistema de saúde brasileiro: do crescimento a necessária interiorização. Ediciones Universidad do Valladolid. Rev Ágora para la educación física y el deporte, 2023;25:20-42. doi: https://doi.org/10.24197/aefd.25.2023.20-42. DOI: https://doi.org/10.24197/aefd.25.2023.20-42

Brasil. Ministério da Saúde. Academia da saúde: cartilha informativa. Brasília, 2014a. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/academia_saude_cartilha.pdf. [2023 agosto].

Lima RCF, Rodrigues BLS, Farias SJM, Lippo BRS, Guarda FRB. Impacto do Programa Academia da Saúde sobre gastos com internações hospitalares por doenças cerebrovasculares. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020;25:e0166. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0166. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0166

Tusset D, Santos L, Merchan-Hamann E, Calmon PCDP. Programa Academia da Saúde: correlação entre internações por doenças crônicas não transmissíveis e adesão nos municípios brasileiros, 2011-2017. Epidemiol Serv Saude. 2020;29(5):e2019453. doi: https://doi.org/10.1590/S1679-49742020000500013. DOI: https://doi.org/10.1590/s1679-49742020000500013

Rodrigues BLS, Silva RN, Arruda RG, Silva PBC, Feitosa DKS, Guarda FRB. Impacto do Programa Academia da Saúde sobre a mortalidade por Hipertensão Arterial Sistêmica no estado de Pernambuco, Brasil. Ciênc saúde coletiva. 2021;26(12):6199-210. doi: https://doi.org/10.1590/1413-812320212612.32802020. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-812320212612.32802020

Martinez JFN, Carneiro JA, Campos MH, Antunes PC, Neves RLR, Baptista TJR. Práticas corporais e SUS: tensões teóricas e práticas. In: Fraga AB, Carvalho YM, Gomes IM. (Org.). As práticas corporais no campo da saúde: uma política em formação. São Paulo: Hucitec, 2013:139-77. Disponível em: http://historico.redeunida.org.br/editora/biblioteca-digital/serie-interlocucoes-praticas-experiencias-e-pesquisas-em-saude/praticas-corporais-no-campo-da-saude-uma-politica-em-formacao-pdf [2023 agosto].

Carvalho YM, Ceccim RB. Formação e educação em saúde: aprendizados com a saúde coletiva. In: Campos GWS, Minayo MCS, Akerman M, Drumond Júnior M, Carvalho YM, organizadores. Tratado de saúde coletiva. São Paulo: Hucitec; 2006:149-182. Disponível em: https://professor-ruas.yolasite.com/resources/Tratado%20de%20Saude%20Coletiva.pdf [2023 agosto].

Carvalho YM. Saúde, Sociedade e Vida: Um olhar da educação física. Rev Bras Ciênc Esporte. 2006;27(3):153-68.

Barros JAC. Pensando o processo saúde-doença: a que responde o modelo biomédico? Saúde & Soc. 2002;11(1):67-84. doi: https://doi.org/10.1590/S0104-12902002000100008. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-12902002000100008

Guarda FRB, Silva RN, Araújo Júnior JLAC, Freitas MIF, Santos Neto PM. Intervenção do profissional de Educação Física: formação, perfil e competências para atuar no Programa Academia da Saúde. Rev Pan-Amaz Saúde. 2014;5(4):63-74. doi: http://dx.doi.org/10.5123/S2176-62232014000400008. DOI: https://doi.org/10.5123/S2176-62232014000400008

Gil AC. Como elaborar projetos de pesquisa. – 6. ed. – São Paulo: Atlas, 2019. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/7237624/mod_resource/content/1/Ant%C3%B4nio%20C.%20Gil_Como%20Elaborar%20Projetos%20de%20Pesquisa.pdf [2023 agosto].

Pinho CSB, Sanchez Gamboa S. Uma análise da literatura sobre a relação Educação Física/saúde na formação profissional em Educação Física no brasil. E-balonmano.com: Revista de Ciencias del Deporte. 2015;11(2):145-46.

Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa, Edições 70, 2016. Disponível em: https://madmunifacs.files.wordpress.com/2016/08/anc3a1lise-de-contec3bado-laurence-bardin.pdf. [2023 setembro].

Dal-Farra RA, Lopes PTC. Métodos mistos de pesquisa em educação: pressupostos teóricos. Nuances: estudos sobre Educação. 2014;24(3):67-80. doi: https://doi.org/10.14572/nuances.v24i3.2698. DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v24i3.2698

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 719, de 7 de abril de 2011. Institui o Programa Academia da Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde. Brasília/DF: Ministério da Saúde, 2011. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt0719_07_04_2011.html. [2023 novembro].

Brasil. Ministério da Educação. Tabelas de Área de Conhecimento/Avaliação. Fundação CAPES. 2022. Disponível em: https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/avaliacao/instrumentos/documentos-de-apoio/tabela-de-areas-de-conhecimento-avaliacao. [2024 abril].

Gonçalves DF, Neves RLR. Profissionais de Educação Física no Sistema de Saúde Brasileiro e no Programa Academia da Saúde nos municípios goianos. Rev Bras Ciênc Mov. 2023;31(1):1-15. doi: https://doi.org/10.31501/rbcm.v31i1.14719. DOI: https://doi.org/10.31501/rbcm.v31i1.14719

Lopes ACS, Toledo MTT, Câmara AMCS, Menzel HJK, Santos LC. Condições de saúde e aconselhamento sobre alimentação e atividade física na Atenção Primária à Saúde de Belo Horizonte-MG. Epidemiol Serv Saúde. 2014;23(3):475-86. doi: https://doi.org/10.5123/S1679-49742014000300010. DOI: https://doi.org/10.5123/S1679-49742014000300010

Freitas PP, Mingoti SA, Lopes ACS. Validação do peso autorreferido entre usuários do Programa Academia da Saúde de Belo Horizonte, Minas Gerais, 2017. Epidemiol Serv Saude. 2020;29(3):e2019368. doi: https://doi.org/10.5123/S1679-49742020000300010. DOI: https://doi.org/10.5123/S1679-49742020000300010

Figueira TR, Lopes ACS, Modena CM. Avaliação do consumo de frutas e hortaliças entre famílias de usuários do Programa Academia da Saúde (PAS). Rev Bras Promoc Saúde. 2014;27(4):518-26. DOI: https://doi.org/10.5020/18061230.2014.p518

Mendonça RD, Lopes MS, Carvalho MCR, Freitas PP, Lopes ACS. Adherence to healthy lifestyles in the Programa Academia da Saúde. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020;25:e0127. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0127. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0127

Meurer ST, Borges LJ, Gerage AM, Lopes ACS, Benedetti TRB. Promotion of physical activities and healthy eating habits in Primary Care: maintenance of benefits. Rev Nutr. 2020;33:e190120. doi: https://doi.org/10.1590/1678-9865202033e190120. DOI: https://doi.org/10.1590/1678-9865202033e190120

Quadros EN, Maciel EC, Konrad LM, Ribeiro CG, Lopes ACS, Meurer ST, Benedetti TRB. Avaliação da efetividade do “vamos” no contexto do Programa Academia da Saúde: um estudo qualitativo. Movimento. 2020;26:e26023. doi: https://doi.org/10.22456/1982-8918.94432. DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.94432

Lopes MS, Martiniano MO, Freitas PP, Carvalho MCR, Sales DM, Lopes ACS. Comércio de alimentos para consumo imediato no entorno do Programa Academia da Saúde: uma análise segundo desigualdades. Ciênc saúde coletiva. 2022;27(08):3283-94. doi: https://doi.org/10.1590/1413-81232022278.02232022. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232022278.02232022

Deus RM, Mingoti SA, Jaime PC, Lopes ACS. Impacto de intervenção nutricional sobre o perfil alimentar e antropométrico de usuárias do Programa Academia da Saúde. Ciênc Saúde Coletiva. 2015;20(6):1937-46. doi: https://doi.org/10.1590/1413-81232015206.11882014. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232015206.11882014

Toledo MTT, Mendonça RD, Abreu MN, Lopes ACS. Aconselhamento sobre modos saudáveis de vida na Atenção Primária à Saúde. Mundo saúde. 2017;41(1):87-97. doi: https://doi.org/10.15343/0104-7809.201741018697. DOI: https://doi.org/10.15343/0104-7809.201741018697

Jorge LS, Santos CA, Haraguchi FKH. Health academy program: association of nutritional knowledge and anthropometric parameters. Mundo saúde. 2018;42(3):728-43. doi: https://doi.org/10.15343/0104-7809.20184203728743. DOI: https://doi.org/10.15343/0104-7809.20184203728743

Figueiredo MC, Nogueira FJS, Rocha DCS. Programa Academia da Saúde na promoção de hábitos saudáveis: relato de experiência. Rev. APS. 2022;25(1):164-73. doi: https://doi.org/10.34019/1809-8363.2022.v25.35531. DOI: https://doi.org/10.34019/1809-8363.2022.v25.35531

Santos JC. Academia de saúde: um espaço para o envelhecimento saudável. Rev cient Esc Estadual Saúde Pública Goiás "Cândida Santiago". 2018;4(3):198-207.

Siqueira Junior JA, Paiva Neto FT, Bandeira ACN, Silva KJB, Rech CR. Profile of women attended by a pole of the Academia da Saúde Program in Sobral, Ceará, Brazil. J Phys Educ. 2022;33:e3313. doi: https://doi.org/10.4025/jphyseduc.v33i1.3313. DOI: https://doi.org/10.4025/jphyseduc.v33i1.3313

Ferreira MCG, Tura LFR, Silva RC, Ferreira MA. Programa Academia Carioca da Saúde: Cotidiano, lazer e saúde de idosos. Rev bras geriatr gerontol. 2020;23(06):e200084 doi: https://doi.org/10.1590/1981-22562020023.200084. DOI: https://doi.org/10.1590/1981-22562020023.200084

Barbosa CGR, Crisp AH, Oliveira JJ, Ribeiro AGSV, Oliveira MVA, Verlengia R. Changes in anxiety and depression levels after two exercises programs with women attending the Health Academy Program. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2022;27:e0257. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.27e0257. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.27e0257

Novaes CRMN, Wanderley FAC, Falcão IM, Alves RB, Lima AT, Soares MCB. Protocolo de atividade física remoto para grupos de Academia da Saúde e Estratégia de Saúde da Família. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020;25:e0167. doi: https://doi.org/ https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0167. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0167

Brasil. Ministério da Saúde. Política Nacional de Promoção da Saúde: PNPS: Anexo I da Portaria de Consolidação nº 2, de 28 de setembro de 2017, que consolida as normas sobre as políticas nacionais de saúde do SUS–Secretaria de Vigilância em Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Brasília: MS, 2018. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_promocao_saude.pdf [2024 janeiro].

Brasil. Secretaria-Executiva. Secretaria de Vigilância em Saúde. Glossário temático: promoção da saúde. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2012. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/glossario_tematico_promocao_saude.pdf [2024 janeiro].

Sanchez GS. Epistemologia da Pesquisa em Educação, Campinas, SP: Práxis, 1998. Disponível em: https://www.geocities.ws/grupoepisteduc/arquivos/tesegamboa.pdf. [2024 janeiro].

Silva RVS. Pesquisa em Educação Física: determinações históricas e implicações epistemológicas - Tese de Doutorado, Unicamp, Campinas, SP: [s.n.], 1997. Disponível em: https://repositorio.unicamp.br/Acervo/Detalhe/115327 [2024 janeiro].

Neves RLR, Feres Neto, A. Saúde na Educação Física: hegemonia e contra hegemonia no "GTT Atividade Física e Saúde" do CBCE - Período de 1997 a 2003. Ef Deportes. Revista Digital - Buenos Aires. 2006;11:102.

Sacardo M, Silva RHR. A crítica crítica dos giros epistemológicos e/ou linguísticos no debate político-epistemológico da área da Educação Física. Germinal Marx Educ Debate. 2017;9(2):26-39. DOI: https://doi.org/10.9771/gmed.v9i2.15883

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde. Panorama nacional de implementação do Programa Academia da Saúde: monitoramento nacional da gestão do Programa Academia da Saúde: ciclo 2019 [recurso eletrônico]. Brasília/DF: Ministério da Saúde, 2022. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/documentos/monitoramento_academia_saude_2019.pdf. [2024 janeiro].

Lucena J, Saturnino L, Menezes V, Feitosa W, Guarda F. Organization and functioning of the health gym program in the city of Camaragibe-PE. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde. 2017; 22(6):584-8. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.v.22n6p584-588. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.v.22n6p584-588

Silva RN, Guarda FRB, Hallal PC, Martelli PJL. Avaliabilidade do Programa Academia da Saúde no Município do Recife, Pernambuco, Brasil. Cad. Saúde Pública 2017; 33(4):e00159415. doi: https://doi.org/10.1590/0102-311X00159415. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00159415

Maciel MG, Saraiva LAS, Silva MM, Vieira Junior PR. Avaliação de desempenho do Programa Academia da Saúde em Belo Horizonte: um estudo de caso. Movimento. 2019;25:e25026. doi: https://doi.org/10.22456/1982-8918.88631. DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.88631

Lucetti MDL, Santana VVF, Vidal ECF, Silva Filho JA, Pinto AGA. Users’ perception of the Community Centers for physical activity from two cities in Ceará, Brazil. ABCS Health Sci. 2020;45:1266. doi: https://doi.org/10.7322/abcshs.45.2020.1266. DOI: https://doi.org/10.7322/abcshs.45.2020.1266

Reis GA, Santos MA, Pires CRF, Oliveira NA, Cezari EJ, Cruz DKA. Triangulação de métodos: Um caminho para a Avaliação de projetos de educação permanente em Saúde. NTQR. 2021;8:630–6. doi: https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.630-636. DOI: https://doi.org/10.36367/ntqr.8.2021.630-636

Parreira FR. Estratégias de Educação em Saúde no Programa Academia da Saúde no estado de Goiás. Rev Cient Esc Estadual Saúde Pública Goiás “Cândido Santiago”. 2021;7:e7000049. DOI: https://doi.org/10.22491/2447-3405.2021.V7.7000049

Fernandes AP, Andrade ACS, Costa DAS, Dias MAS, Malta DC, Caiaffa WT. Programa Academias da Saúde e a promoção da atividade física na cidade: a experiência de Belo Horizonte, MG, Brasil. Ciênc saúde colet. 2017;22(12)3903-3914. doi: https://doi.org/10.1590/1413-812320172212.25282017. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-812320172212.25282017

Carvalho FFB, Almeida ER, Loch MR, Knuth AG. As práticas corporais e atividades físicas na gestão tripartite do SUS: estrutura organizacional, financiamento e oferta. Ciênc saúde coletiva. 2022;27(06):2163-74. doi: https://doi.org/10.1590/1413-81232022276.15242021. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232022276.15242021

Melo EMN, Guarda FRB, Santos FAS, Feitosa WMN. Programa Academia da Cidade do Recife: análise da contratransferência de política. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020;25:e0174. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0174. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0174

Carvalho FFB, Vieira LA. O financiamento como desafio nas políticas públicas de saúde: o caso do Programa Academia da Saúde. Rev Bras Ciênc Esporte. 2022;44:e002322. doi: https://doi.org/10.1590/rbce.44.e002322. DOI: https://doi.org/10.1590/rbce.44.e002322

Tusset D, Olkoski M, Merchan-Hamann E, Calmon PCDP, Santos L. Programa Academia da Saúde: um olhar quantitativo das adesões entre 2011 a 2017. Rev Bras Ativ Fís. 2020;25:1-9. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0165. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0165

Ivo AMS, Viana VC, Freitas MI de F. Health Academy Program: importance for users and funding difficulties. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020;25:1-9. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0169. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0169

Faria TMTR, Brenner S, Deckert A, Florindo AA, Mielke GI. Health Academy Program and physical activity levels in Brazilian state capitals. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020;25:1-8. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0133. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0133

Malta DC, Oliveira TP, Santos MAS, Andrade SSCA, Silva MMA. Avanços do Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas não Transmissíveis no Brasil, 2011-2015. Epidemiol Serv Saude. 2016;25(2):373-90. doi: http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742016000200016. DOI: https://doi.org/10.5123/S1679-49742016000200016

Malta DC, Silva MMA, Albuquerque GM, Amorim RCA, Rodrigues GBA, Silva TS, Jaime PC. Política Nacional de Promoção da Saúde, descrição da implementação do eixo atividade física e práticas corporais, 2006 a 2014. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2014;19(3):286-99. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.v.19n3p286. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.v.19n3p286

Sá GBAR, Dornelles GC, Cruz KG, Amorim RCA, Andrade SSCA, Oliveira TP. O Programa Academia da Saúde como estratégia de promoção da saúde e modos devidos saudáveis: cenário nacional de implementação. Ciênc Saúde Colet. 2016;21(6):1849-60. doi: https://doi.org/10.1590/1413-81232015216.09562016. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232015216.09562016

Guarda FRB, Carneiro RCB, Silva RN, Pinto FCM, Loch MR, Florindo AA. Analysis of the degree of implementation of Health Academy Program in a Brazilian midsize town. Cad Saúde Pública. 2021;37(6):e00075020. doi: https://doi.org/10.1590/0102-311X00075020. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00075020

Silva RN, Oliveira JR, Carneiro RCB, Farias SJM, Guarda FRB. Avaliação do grau de implantação do Programa Academia da Saúde no município de Bezerros, Pernambuco. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020; 25:1–10. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0170. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0170

Silva TD, Souza SS, Starepravo FA. Academia da Saúde, Academia da Cidade e Academia ao Ar Livre nas agendas política e governamental dos estados brasileiros. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020;25:e0163. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0163. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0163

Wolker SM, Sandreschi PF, Tomicki C, Konrad LM, Quadros EN, Ribeiro CG, Bezerra JB, Souza PV, Maciel EC, Alencar DK, Benedetti TRB. Monitoramento do programa academia da saúde de 2015 a 2017. Rev andal med Deporte. 2020;13(1):16-20. doi: https://doi.org/10.33155/j.ramd.2019.09.003. DOI: https://doi.org/10.33155/j.ramd.2019.09.003

Florindo AA, Reis RS, Farias Junior JC, Siqueira FV, Nakamura PM, Hallal PC. Description of health promotion actions in Brazilian cities that received funds to develop “Academia da Saúde” program Rev. bras. cineantropom. desempenho hum. 2016;18(4):483-92. doi: https://doi.org/10.5007/1980-0037.2016v18n4p483. DOI: https://doi.org/10.5007/1980-0037.2016v18n4p483

Neto FTP, Mazo GZ, Sandreschi PF, Petreça DR, Rech CR. Barriers to implementation of academia da saúde program in Santa Catarina. J Phys Educ. 2019;30:e3046. doi: https://doi.org/10.4025/jphyseduc.v30i1.3046. DOI: https://doi.org/10.4025/jphyseduc.v30i13046

Fank F, Petreça DR, Almeida FA, Mazo GZ. Alcance das intervenções em atividade física na saúde pública de Santa Catarina. Rev Bras Ativ Fís Saúde.2018;23:e0066. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.23e0066. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.23e0066

Florindo AA, Nakamura PM, Farias Júnior JC, Siqueira FV, Reis RS, Cruz DKA, Hallal PC. Promoção da atividade física e da alimentação saudável e a saúde da família em municípios com academia da saúde. Rev Bras Educ Fís Esporte. 2016;30(4):913-24 doi: https://doi.org/10.1590/1807-55092016000400913. DOI: https://doi.org/10.1590/1807-55092016000400913

Gonçalves LBB, Almeida RC, Oliveira TM, Palácio MAV, Pinto AGA. Programa academia da saúde: operacionalidade, ações e integração. Rev Bras Promoc Saúde. 2019;32:8381. doi: https://doi.org/10.5020/18061230.2019.8381. DOI: https://doi.org/10.5020/18061230.2019.8381

Ferreira HJ, Kirk D, Drigo AJ. Qualitative analysis of the health promotion work in a Academia da Saúde programme’s unit. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020;25:1-9. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0128. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0128

Ivo AMS, Malta DC, Freitas MIF. Modos de pensar dos profissionais do Programa Academia da Saúde sobre saúde e doença e suas implicações nas ações de promoção de saúde. Physis. 2019;29(1):e290110. doi: https://doi.org/10.1590/S0103-73312019290110. DOI: https://doi.org/10.1590/s0103-73312019290110

Lemos EC, Silva TCA, Macêdo NB, Brainer MG, Souza SLB, Santana CMBS. Distance training for professionals in the Academia das Cidades and Academia de Saúde Programs in Pernambuco. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020;25:e0180. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0180. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0180

Ferreira LAS, Gonçalves TR, Abi LT. A clínica da Educação física nas políticas públicas de saúde: interfaces entre núcleo e campo. Movimento. 2022;28:e28002. doi: https://doi.org/10.22456/1982-8918.116321. DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.116321

Guarda FRB, Silva RN, Feitosa WMN, Santos Neto PM, Araújo Júnior JLAC. Caracterização das equipes do Programa Academia da Saúde e do seu processo de trabalho. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2015;20(6):638-40. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.v.20n6p638. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.v.20n6p638

Guarda FRB, Silva RN, Feitosa WMN, Farias JM, Santos Neto PM, Araújo Júnior JLAC. Self-perception of the objective, object and work products of Physical Education Professionals belonging to the Academia Saúde Program. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2016;21(5):400-9. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.v.21n5p%25p. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.v.21n5p400-409

Manta SW, Sandreschi PF, Quadros EN, Souza PV, Rech CR, Benedetti TRB. Planejamento em saúde sobre práticas corporais e atividade física no Programa Academia da Saúde. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020; 25:1-6. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0168. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0168

Silva AG, Prates EJS, Malta DC. Avaliação de programas comunitários de atividade física no Brasil: uma revisão de escopo. Cad Saúde Pública. 2021;37(5):e00277820. doi: https://doi.org/10.1590/0102-311X00277820. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00277820

Guerra PH, Andrade DR, Rodriguez-Añez CR, Santos DL, Camargo EM, Fermino RC, Tenório MCM. Research on the Academia da Cidade and Academia da Saúde Programs: scoping review. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2020; 25:1-9. doi: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0126. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.25e0126

Oliveira BN, Wachs F. Educação física, atenção primária à saúde e organização do trabalho com apoio matricial. Rev Bras Ciênc Esporte. 2019;41(2):183-189. doi: https://doi.org/10.1016/j.rbce.2018.09.003. DOI: https://doi.org/10.1016/j.rbce.2018.09.003

Downloads

Publicado

2024-06-28

Como Citar

1.
Gonçalves D de F, Neves RL de R. O Programa Academia da Saúde e a Educação Física: uma revisão sistemática no período de 2011 a 2022. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde [Internet]. 28º de junho de 2024 [citado 19º de julho de 2024];29:1-15. Disponível em: https://rbafs.org.br/RBAFS/article/view/15238

Edição

Seção

Artigos Originais