Por uma visão ampliada da atividade física na saúde

Autores

  • Sanderson Soares da Silva Universidade Federal da Paraíba, Programa Associado de Pós-graduação em Educação Física UPE/UFPB, João Pessoa, Paraíba, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-6266-1566
  • Maria do Socorro Brasileiro-Santos Universidade Federal da Paraíba, Programa Associado de Pós-graduação em Educação Física UPE/UFPB, João Pessoa, Paraíba, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-7175-4078
  • João Miguel Souza Neto Secretaria de Educação do Estado da Paraíba, Brasil.
  • Filipe Ferreira da Costa Universidade Federal da Paraíba, Programa Associado de Pós-graduação em Educação Física UPE/UFPB, João Pessoa, Paraíba, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-3632-9310

DOI:

https://doi.org/10.12820/rbafs.27e0246

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Sallis R, Yong DR, Tartof SY, Sallis JF, Sall J, Li Q, et al. Physical inactivity is associated with a higher risk for severe COVID-19 outcomes: a study in 48 440 adult patients. Br. J. Sports Med. 2021;0:1–8.

Matias TS, Piggin J. Physical activity promotion: can a focus on disease limit successful messaging? Lancet Glob Health. 2020;8(10):e1263.

Iglésias AG, Bollela VR. Integração curricular na área da saúde. Medicina (Ribeirão Preto). 2015;48(3):265-72.

Florindo AA, Andrade DRD. Experiências de promoção da atividade física na estratégia de saúde da família. Florianópolis, SC: SBAFS - Sociedade Brasileira de Atividade Física e Saúde, 2015.

Piggin J. What Is Physical Activity? A Holistic Definition for Teachers, Researchers and Policy Makers. Front. Sports Act. Living. 2020;2:72.

Downloads

Publicado

2022-02-14

Como Citar

1.
Silva SS da, Brasileiro-Santos M do S, Souza Neto JM, Costa FF da. Por uma visão ampliada da atividade física na saúde. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde [Internet]. 14º de fevereiro de 2022 [citado 1º de outubro de 2022];27:1-2. Disponível em: https://rbafs.org.br/RBAFS/article/view/14623

Edição

Seção

Carta ao Editor