Práticas pessoais e profissionais de promoção da atividade física em agentes comunitários de saúde

  • Taynã Santos Universidade de São Paulo
  • Paulo Guerra Universidade de São Paulo
  • Douglas Andrade Universidade de São Paulo
  • Alex Florindo Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Agentes Comunitários de Saúde, Estilo de vida, Prática profissional, Atividade física

Resumo

Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) são profissionais importantes na promoção da atividade física (AF) no Sistema Único de Saúde. No entanto, poucos estudos têm investigado o nível de AF e práticas profissionais de ACS na promoção da AF. Por este motivo, a pesquisa objetiva verificar a relação entre práticas profissionais de promoção da AF com o nível de AF em um grupo de ACS trabalhadores de uma unidade de saúde da zona leste da cidade de São Paulo. Estudo realizado com 30 ACS sobre nível de AF (questionário e pedômetro) e as práticas profissionais para a promoção da AF sobre recomendação e participação em grupos de AF oferecidos para usuários da UBS. Foram realizadas análises descritivas e análises de diferenças de médias por meio do teste t de Student para amostras independentes no software SPSS (versão 15.0). Como resultado a maioria das ACS não praticava pelo menos 150 minutos de AF no lazer e não atingiu a recomendação de pelo menos 10 mil passos diários de caminhada. Quanto à prática profissional 51,9% relataram recomendar AF para os usuários há pelo menos seis meses e 53,6% relataram liderar ou participar de grupos de AF para usuários. As ACS que recomendavam AF para os usuários tiveram maior média de passos diários de caminhada (p=0,039) em comparação com as que não recomendavam. A prática profissional de aconselhamento teve associação com a prática de AF neste grupo, demonstrando a importância de incentivar a promoção da AF para os trabalhadores da área da saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Taynã Santos, Universidade de São Paulo

Saúde Pública - departamento de Nutrição da FSP

Grupo de Estudos e Pesquisa Epidemiológicas em Atividade Física e Saúde (GEPAF/EACH-USP)

Paulo Guerra, Universidade de São Paulo

Escola de Artes, Ciências e Huamnidades - Universidade de São Paulo (EACH-USP)

Grupo de Estudos e Pesquisa Epidemiológicas em Atividade Física e Saúde (GEPAF/EACH-USP)

Douglas Andrade, Universidade de São Paulo

Escola de Artes, Ciências e Huamnidades - Universidade de São Paulo (EACH-USP)

Grupo de Estudos e Pesquisa Epidemiológicas em Atividade Física e Saúde (GEPAF/EACH-USP)

Alex Florindo, Universidade de São Paulo

Saúde Pública - departamento de Nutrição da FSP

Escola de Artes, Ciências e Huamnidades - Universidade de São Paulo (EACH-USP)

Grupo de Estudos e Pesquisa Epidemiológicas em Atividade Física e Saúde (GEPAF/EACH-USP)

Publicado
04-09-2015
Seção
Artigos Originais